CONHEÇA ALTERNATIVAS PARA O USUÁRIO DOMÉSTICO

Diversos

Ao contrário das videoconferências em salas especiais, ela não exige equipamentos específicos e caros. Uma alternativa é a audioconferência, uma reunião somente com conexão de voz.

Apesar da aplicação inicialmente ser voltada às empresas, usuários domésticos também encontram grandes vantagens na utilização da videoconferência. O serviço pode ser utilizado, por exemplo, para se comunicar com parentes distantes. Outra aplicação é o monitoramento de residências, filhos e escritórios.

Para se realizar uma videoconferência em casa, é preciso possuir uma webcam, que custa de R$ 35 a R$ 180, com variações na qualidade e funções. Um programa de comunicação instantânea, como o MSN Messenger (http://br. msn.com/) e o Yahoo Messenger (http://br.messenger.yahoo. com/) é necessário. Outro requisito importante é a banda larga, pois a qualidade de transmissão depende da velocidade da conexão. Segundo a MSN, a velocidade para uma transmissão com qualidade deve ser superior a 128 kbps. Um microfone também será útil; os preços variam entre R$ 4 e R$ 30.

Uma aplicação interessante para a conferência doméstica é a edição de trabalhos acadêmicos e escolares, uma vez que o grupo pode conversar e trocar arquivos entre si. Uma dica é utilizar o Google Docs (http://docsgoogle.com), para os integrantes construírem o texto em conjunto. O Skype (http://www.skype.com/intl/pt/) permite comunicação grátis pela internet através de conexões sobre VoIP (Voz Sobre IP). (RVB)