JOVENS ADVOGADOS PREFEREM O COWORKING PARA TRABALHAR

Diversos

coworking funciona assim: o usuário, profissional de carreira solo ou empresa, contrata por um valor mensal um espaço para trabalhar, seja ele uma estação de trabalho ou uma sala privativa. Aluguel, luz, água, internet, telefonia, manutenção do espaço, limpeza, serviço de água e café, secretaria e outras taxas ficam por conta do proprietário da instalação. O mais interessante desse tipo de serviço é a possibilidade de trocar experiências, desafios e indicações com outros profissionais. São vantagens cada vez mais utilizadas por advogados individuais ou pequenas sociedades na área do direito.
Já com os escritórios virtuais, o advogado ou pequenas sociedades podem contratar pacotes de endereço comercial, atendimento telefônico ou até mesmo o serviço de domicílio fiscal para o registro de sociedade de advogados na OAB. Desta forma, é possível ter um endereço em localização privilegiada, que transmita segurança e credibilidade aos clientes ativos e potenciais, sem grandes investimentos.

Saiba mais : www.jb.com.br/sociedade-aberta/noticias/2014/07/22/jovens-advogados-preferem-o-coworking-para-trabalhar/

Fonte: Jornal do Brasil.